A grandeza das produções cinematográficas dirigidas por mulheres

Embora 2019 tenha sido um ano cheio de filmes de sucesso dirigidos por elas, diretoras de cinema ainda precisam de mais reconhecimento.

A indústria do cinema continua sob o comando de homens. Por maior que seja o número de mulheres talentosas nesse ramo, a discrepância no reconhecimento entre homens e mulheres ainda é consideralmente alta. De acordo com o estudo Celluloid Ceiling de 2019, conduzido pela PhD Martha M. Lauzen, as mulheres representaram 20% de todos os diretores, roteiristas, cinegrafistas, produtores executivos e editores que participaram ativamente das 100 melhores obras de bilheterias daquele ano.

Confira na íntegra o estudo Celluloid Ceiling.

Após todos esses anos de premiação do Oscar, tivemos apenas cinco mulheres indicadas ao prêmio de Melhor Direção, dessas cinco apenas uma conseguiu levar a estatueta.

Separamos uma lista com grandes produções que só foram possíveis graças aos esforços de mulheres. Confira!

Sofia Coppola – Encontros e Desencontros

Filme de 2003 que mistura comédia, drama e romance, estrelado por ninguém menos que Scarlett Johansson e Bill Murray. O filme conta a história de dois personagens que passam por um período extremamente melancólico em suas vidas e que acabam se conhecendo em Tóquio e estabelecendo uma compreensão mútua. O filme foi escrito, dirigido e produzido por Sofia Coppola, esse trabalho lhe rendeu o Oscar de Melhor Roteiro Original, entre vários outros prêmios e indicações. 

Assista ao trailer:

Diablo Cody – Juno

Juno é um filme de 2007 de comédia dramática. Conta a história de uma adolescente que tem que lidar com uma gravidez indesejada. O filme foi dirigido por Jason Reitman, mas foi escrito por Diablo Cody. Esse trabalho rendeu para Diablo Cody o Oscar de Melhor Roteiro Original, o prêmio BAFTA na mesma categoria e outras vitórias em premiações menores. O filme não só foi sucesso de crítica como também foi sucesso de bilheteria faturando mais de 200 milhões de dólares contra um orçamento que não ultrapassou 10 milhões de dólares.

Confira essa história de gravidez e adolescência:

Kathryn Bigelow – Guerra ao Terror  

Quando se fala em filmes de guerra é fácil se lembrar de imagens de homens matando uns aos outros. É difícil associar um filme de guerra com uma mulher. Mas aqui temos uma exceção e tanto. O filme de 2008, Guerra ao Terror, conta a história de soldados especialistas em operações antibombas na Guerra do Iraque. A produção foi dirigida por Kathryn Bigelow que foi a primeira e até então única mulher a receber o Oscar de Melhor direção. 

Não deixe de conferir o trailer:

Greta Gerwig – Lady Bird

Em apenas seu segundo trabalho como diretora e escritora, Greta Gerwig conseguiu ser indicada para o Oscar de Melhor Direção, Melhor Filme e Melhor Roteiro. Ela não chegou a levar nenhum dos prêmios, mas nada disso tira o mérito do seu trabalho. Vale a pena mencionar que esse foi o primeiro filme que Greta Gerwig dirigiu completamente sozinha. O filme de 2017 é uma mistura de drama e comédia e foca no desenvolvimento da personagem principal Christine McPherson, da juventude para a vida adulta. A produção foi sucesso de crítica e de bilheteria, tendo faturado cerca de 79 milhões de dólares contra um orçamento de 10 milhões de dólares.

Dê uma olhadinha no trailer desse sucesso:

Esquecemos algo?

Escrever listas é sempre uma tarefa difícil. Posso ter deixado itens importantes de fora. Mas você pode ajudar a enriquecer este conteúdo ainda mais. Qual filme realizado por uma mulher, seja produzindo, dirigindo ou escrevendo, marcou você? Deixe nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s